Lula/Redes Sociais

Menções espontâneas pró-Lula dominam Twitter na virada do ano, mostram dados da rede

Segundo o analista de dados Antônio Arles, mais de 55% das menções a Lula foram de usuários que habitualmente não falam de política. ” Isso significa também uma grande variedade de grupos diferentes falando sobre Lula, furando a bolha

Da REVISTA FÓRUM

Ex-presidente Lula (PT). Foto: Ricardo Stuckert

Dados do Twitter entre os dias 26 de dezembro e 1º de janeiro, compilados pelo analista de dados Antônio Arles, mostram uma avalanche de manifestações espontâneas com menções a Lula na rede, principal plataforma de embate político na internet.

“É interessante pois mostra que existe mesmo um movimento mais espontâneo em relação ao Lula no Twitter. As principais autoridades não são militantes tradicionais”, afirmou Arles à Fórum.

O gráfico abaixo mostra como as menções espontâneas pró-Lula, retratadas em verde escuro, se juntaram a movimento de progressistas engajados, em lilás, dominando a rede na semana da virada de 2021 para 2022.

Verde Escuro - Menções espontâneas pró-Lula (55,78%)
Lilás - Progressistas engajados (19,03%)
Azul Claro - Bolsonaristas (15,67%)
Marrom - Lavajatistas (3,04%)
Verde Claro - Ciristas (1,67%)

Fonte: Twitter/Compilação de Antônio Arles

Verde Escuro – Menções espontâneas pró-Lula (55,78%)
Lilás – Progressistas engajados (19,03%)
Azul Claro – Bolsonaristas (15,67%)
Marrom – Lavajatistas (3,04%)
Verde Claro – Ciristas (1,67%)

Fonte: Twitter/Compilação de Antônio Arles

No total, as menções espontâneas ocuparam 55,78% de uma rede de retuites constituída por 166.089 membros e 374.944 interações entre eles. Elas se somam a 19,03% dos lulistas engajados, citando o ex-presidente em três a cada quatro tuites nesse universo.

“Foram formadas 2.431 comunidades utilizando o algoritmo de Modularidade em grau 2. Isso significa também uma grande variedade de grupos diferentes falando sobre Lula, furando a “bolha”. A maior comunidade, como eu falei anteriormente, não é de militantes tradicionais, ou usuários que só falam de política. São usuários ligados à cultura de redes, que comentam coisas do dia a dia, que falaram de Lula principalmente no contexto da virada do ano e sobre a possibilidade de eleição do mesmo”, explica Arles.

Por outro lado, apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) perderam espaço na rede, chegando a 15,67%. Lavajatistas, ligados à pré-candidatura Sergio Moro (Podemos), ficaram com 3,04%, superando o grupo de apoio a Ciro Gomes (PDT), que teve 1,67% de menções.

Lula no topo dos assuntos mais comentados

Os dados explicam o porquê Lula amanheceu o primeiro dia de 2022 entre os termos mais comentados no Twitter.

Líder isolado nas pesquisas de intenção de voto, o nome do petista estava entre os termos mais comentados do Twitter na manhã deste sábado, 1º de Janeiro de 2022. Os termos “Lula Presidente” e “Lula 2022” também apareciam entre os assuntos debatidos pelos usuários da rede.

Lula também terminou 2021 à frente de Jair Bolsonaro (PL) também no Índice de Popularidade Digital (IPD) elaborado pela Quaest Consultoria. Segundo o levantamento concluído na quarta-feira (29), o petista marcou 73,4 pontos e Bolsonaro, 68,9.

Em terceiro lugar aparece o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) que, desde que se lançou na corrida eleitoral, tem intensificado sua presença nas redes sociais. O ex-ministro marcou 45,2 pontos, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 32,1; João Doria (PSDB), 24,7; Rodrigo Pacheco (PSD), 21,1; Simone Tebet (MDB), 18,2; e Luiz Felipe d’Ávila (Novo), 11,5.

2 pensamentos sobre “Menções espontâneas pró-Lula dominam Twitter na virada do ano, mostram dados da rede

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s