Eleições 2022/privatização/Rio Grande do Sul

Em Ato pela Água Pública, Edegar Pretto diz que anulará Privatização da CORSAN iniciada por Eduardo Leite

Várias pesquisas apontam que mais de 70% dos gaúchos são contra a Privatização da CORSAN, BANRISUL e PROCERGS que Eduardo Leite quer por quer vender e quer mais 4 anos pra terminar a privataria. Estranhamente parte dos gaúchos que são contra a privatização, dizem que vão votar no…privateiro.

No Ato “RS pela Água” em defesa do Saneamento Público, Edegar Pretto foi direto: Vai Anular as ações de Leite que almejavam a privatização da CORSAN .

A atividade iniciou no Largo Glênio Peres, no Centro de Porto Alegre. Depois, o grupo saiu em caminhada até o Tribunal de Contas do Estado e finalizou com abraço simbólico à sede da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), na rua Caldas Júnior. 

O objetivo do ato foi chamar a atenção da comunidade do Rio Grande do Sul para os riscos da entrega da Corsan para a iniciativa privada. Candidato ao governo pela Frente da Esperança (PT, PCdoB, PV, PSOL e Rede), Edegar Pretto esteve no local para apoiar os servidores e servidoras e reafirmar o seu compromisso de não privatizar a Companhia.

“A Corsan continuará pública, vou anular todos os atos de privatização. Não faz sentido vender uma empresa que, no ano passado, gerou lucro de R$ 408 milhões e que atua em 317 cidades. Se o atual governo fosse sério, teria utilizado esse valor para fazer obras”, destacou.

Edegar afirmou já ter conversado com Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à presidência, para organizar um Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para o saneamento. “Vamos, até 2033, cumprir o pacto nacional do saneamento, mostrar que a Corsan é forte e que ela vai conseguir cumprir o estabelecido em lei”, ressaltou.

Um pensamento sobre “Em Ato pela Água Pública, Edegar Pretto diz que anulará Privatização da CORSAN iniciada por Eduardo Leite

  1. Eduardo Leite, assim como Onix Lorenzoni, Heinze e outros postulantes ao Piratini, só tem compromisso com os já ricos, milionários e bilionários, do nosso Estado e estrangeiros. Enfim, Leite governou e vai governar – se, desgraçadamente, vier a se eleger – apenas para atender aos interesses do grande capital.

    Ou seja, mais de 99% da gauchada só terão a perder se Leite se reeleger. Mais de 99% dos gaúchos só verão aumentar seus dissabores com sua reeleição. Mais de 99% do povo gaúcho vão pagar a conta, salgadíssima, da destruição do Estado, destruição que Leite tem o compromisso de concluir para que a ínfima minoria restante possa lucrar cada vez mais.

    Por detrás de sua sedutora propaganda eleitoral, é isso, resumidamente, que, se reeleito, o “Fala Mansa” vai fazer.

    A quem não acredita no que afirmei, pergunto. Se ele tivesse governado em favor do povo como um todo, como fez Olívio Dutra, teria o apoio total que recebe dos órgãos da mídia hegemônica e seus comentaristas? Teria o apoio do empresário mais rico do país, Jorge Paulo Lemman?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s