Uncategorized

“O Brasil necessita de trabalhadores qualificados porque precisamos continuar crescendo”, afirma Tereza Campello

Formatura do Pronatec com a presença da Ministra do Desenvolvimento Social Tereza Campello Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A ministra participou, em Maceió (AL), da formatura de 1,3 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), voltado ao público do Brasil Sem Miséria. Modalidade oferece 570 cursos de qualidade reconhecida e gratuitos para a população de baixa renda

Maceió, 12 – A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, afirmou nesta segunda-feira (12) que “o Brasil necessita de trabalhadores qualificados porque precisamos continuar crescendo”. Tereza Campello participou, em Maceió (AL), da formatura de 1,3 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), voltado ao público do Brasil Sem Miséria. A solenidade ocorreu no Teatro Gustavo Leite e reuniu representantes dos governos estadual e municipal.

Durante a formatura, Tereza Campello destacou que o Pronatec Brasil Sem Miséria aumenta as possibilidades de inserção das pessoas mais pobres no mundo do trabalho. “É importante lembrar que as pessoas mais pobres do nosso país trabalham muito, mas, na maioria das vezes, fora do mercado formal. O curso de qualificação é uma possibilidade de aprimorar o desempenho de cada um e abre as portas do mercado formal para os trabalhadores”, disse ela, lembrando que, no dia 7 de março deste ano, o programa alcançou a marca de 1 milhão de matrículas, nove meses antes do previsto.

A capital alagoana é a maior cidade em número de matrículas no estado, com mais de 14,3 mil inscritos. Em Alagoas, a população de baixa renda efetuou quase 39 mil matrículas em 102 municípios desde que o programa foi criado em 2011. Em todo o país, mais de 1,1 milhão de matrículas já foram realizadas em 570 diferentes cursos.

Os cursos mais procurados em Maceió são de auxiliar administrativo, operador de computador, frentista, camareira em meios de hospedagem e eletricista instalador predial de baixa tensão, oferecidos pelo Senai, Senac, Senat e o Instituto Federal de Alagoas (Ifal).

Na solenidade, formandos da capital alagoana e dos municípios de Arapiraca, Marechal Deodoro, Coruripe, Murici e Satuba receberam os certificados de conclusão dos cursos. Nesses municípios, o governo federal investiu mais de R$ 49,8 milhões pelo Pronatec Brasil Sem Miséria.

Transformação – O programa mudou a vida da vendedora de confecções Rosenilda Pequeno da Silva, de 38 anos. Oradora da turma de formandos em Maceió, ela concluiu o curso de operador de informática no Instituto Federal de Alagoas (Ifal), em abril deste ano, e conta que os conhecimentos adquiridos são muito úteis.

Agora, junto com o professor e mais 12 colegas do curso, ela planeja montar uma loja de artesanato. “Conheci muitas pessoas e os professores são muito bons. É uma pena que acabou. Quero fazer a segunda fase do curso, se possível ainda neste ano.” O curso também colaborou para que Rosenilda saísse de uma depressão. “É uma doença muito difícil. Mas voltar a estudar me ajudou a enfrentar.” Ela mora com o filho, de 14 anos, e é beneficiária do Programa Bolsa Família.

Público – O Pronatec Brasil Sem Miséria é uma das ações de inclusão produtiva urbana do Plano Brasil Sem Miséria, criado em 2011, com o objetivo de superar a extrema pobreza. O público principal são os beneficiários dos programas de transferência de renda com mais de 16 anos de idade. Os cursos de qualificação profissional são gratuitos e têm duração mínima de 160 horas.

Para participar, é preciso ter no mínimo 16 anos e estar cadastrado ou em processo de inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. As matrículas podem ser feitas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
imprensa@mds.gov.br

3 pensamentos sobre ““O Brasil necessita de trabalhadores qualificados porque precisamos continuar crescendo”, afirma Tereza Campello

  1. Pingback: "O Brasil necessita de trabalhadores quali...

  2. Pingback: “O Brasil necessita de trabalhadores qualificados porque precisamos continuar crescendo”, afirma Tereza Campello | EVS NOTÍCIAS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s