CINEMA/Cultura

Cineasta Otto Guerra se filia ao Partido dos Trabalhadores

Otto GuerraA cada vez mais evidente perseguição de parte do judiciário ao PT esta tendo o efeito contrário do almejado pelos que conceberam a ideia de destruir o partido, acusando-o de cometer as barbaridades que eles mesmos cometem. A decisão de Otto, como ele mesmo afirmou em seu Facebook, se deu depois de Moro condenar Lula. É um desagravo ao Partido dos Trabalhadores, que não esta sendo perseguido por erros que tenha cometido, mas pelo acerto de colocar os pobres e a pobreza no orçamento da nação, criando políticas sociais públicas que retiraram milhões de famílias da extrema pobreza e da pobreza e políticas de desenvolvimento que colocaram o Brasil no mapa político e econômico do mundo.

No ato de Filiação Otto Guerra salientou que nunca foi filiado a um partido político, mas sempre se reivindicou do trabalhismo e do brizolismo. O PT é caudatário do trabalhismo, que teve no RS o seu nascedouro e com Getúlio, Brizola e Jango construiu a seu tempo políticas sociais e de proteção aos trabalhadores, que foram retomadas e aprimoradas pelos governos petistas e m especial pelos Governos Lula e Dilma.

Otto, Maria do Rosário, Rodrigo

Rodrigo, Presidente do PT POA, Maria do Rosário, João Goulart Neto, Otto Guerra, Villaverde, Oliboni e este blogueiro no Ato Formal da filiação do Cineasta

 

 

 

Um pensamento sobre “Cineasta Otto Guerra se filia ao Partido dos Trabalhadores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s