Rio Grande do Sul

RBS perde feio na Assembléia e Sartori culpa oposição por sua própria incompetência

Sartori é governador. Não fez nada em 3 anos de governo a não ser mentir sobre uma crise, parcelar salários de servidores, trapalhadas no fechamento de Fundações públicas e tentativas de vender o patrimônio dos gaúchos, como a CEEE, CRM,SULGÁS,CORSAN E BANRISUL entre outras barbaridades. Nesta semana foi de novo a campo para tentar passar um vergonhoso projeto de entrega do RS nas mãos do Governo Temer para este fazer o que quiser com o Rio Grande. Não conseguiu nem uma coisa nem outra pela incompetência de seus próprios Deputados, que são maioria na Assembléia Legislativa. Não adiantou nem a RBS anunciar abertura de “caixinha” para comprar deputados dispostos a votarem a favor da entrega do patrimônio dos gaúchos e gaúchas. Vergonha Geral. A Zero Hora repetirá o discurso de Sartori, ou melhor, Sartori faz o discurso que a RBS escreveu para ele:”a culpa é do PT e da oposição. O Governicho da RBS e dos Sirotzky perdeu feio. Mas eles vão voltar com tudo no dia 6/02 com a mesma ladainha. O Rio Grande precisa se levantar. Na semana que vem o povo e os trabalhadores tem que voltar a Praça da Matriz para impedir a RBS de continuar comandando este Estado.  Basta de 4º Poder. Os gaúchos e gaúchas querem a democracia de volta. E nos bastidores já se dá como certo que a RBS vai trocar de candidato para as eleições de 2018. A RBS assim como a Globo usam o sujeito até não dar mais, e aí botam fora como bagaço.

Vai o Artigo do SUL 21 sobre mais uma fala do Sartori em horário nobre da RBS.

Em pronunciamento, Sartori culpa oposição por fazer oposição

Em pronunciamento, Sartori responsabilizou a oposição pela situação do Estado | Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini

Luís Eduardo Gomes

Em pronunciamento logo após o encerramento da convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, no fim da tarde desta quarta-feira (31), o governador José Ivo Sartori (MDB) acusou a oposição de estar radicalizando seu posicionamento ao obstruir as três sessões realizadas entre segunda e hoje e não permitir que nenhum dos quatro projetos de autoria do Executivo fossem sequer apreciados na Casa. O governador disse que nunca tinha visto uma convocação extraordinária ser obstruída a esse ponto. “Tenho pena dos que acharam que o governo ou o governador tiveram uma derrota. Não, derrotaram os interesses do Estado”, disse Sartori.

 

Questionado sobre como o governo atuaria a partir de agora para garantir a aprovação dos projetos, Sartori disse que confia no trâmite normal das pautas na Assembleia e que espera que o PLC 249, que autoriza a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal, seja aprovado em breve. Perguntado se o governo ainda acredita que conseguirá aprovar as PECs que autorizam privatizar sem plebiscito Sulgás, CRM e CEE – projetos que precisam de 33 votos que o governo não tem a garantia de obter hoje -, o governador preferiu dizer que não se ateria a isso no momento, optando por tratar apenas do PLC 249, que precisa de somente 28 votos para ser aprovado.

No entanto, mais cedo, o líder do governo na Assembleia, deputado Gabriel Souza (MDB), havia dito que o Executivo convocou as sessões extraordinárias justamente por não ter conseguido colocar em votação ao longo de todo ano de 2017 as PECs que tratam de Sulgás, CRM e CEE.

Questionados se apenas o RRF, sem a aprovação das PECs, seria aceito no acordo com o governo federal, tanto Sartori quanto o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Branco, disseram que preferiam não antecipar o resultado das votações na Assembleia. A oposição acredita que o governo perdeu sua última oportunidade de colocar as PECs em votação.

O governador afirmou ainda que a oposição será responsável, caso a situação financeira do Estado se agrave com uma possível suspensão da prorrogação de pagamento da dívida com a União. Sartori também listou uma série de projetos de autoria do Executivo que a oposição votou contrariamente, ainda que alguns deles tenham sido aprovados, na tentativa de demonstrar que a oposição não está preocupada com a recuperação econômica do Estado.

2 pensamentos sobre “RBS perde feio na Assembléia e Sartori culpa oposição por sua própria incompetência

  1. Pingback: RBS perde feio na Assembléia e Sartori culpa oposição por sua própria incompetência | Luíz Müller Blog | BRASIL S.A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s