IBGE: Mais de 14 milhões de pessoas estão desempregadas e 32 milhões estão “sub empregados” em empregos precários
Desemprego/economia/Pobreza

IBGE: Mais de 14 milhões de pessoas estão desempregadas e 32 milhões estão “sub empregados” em empregos precários

A tragédia do desemprego e do sub emprego começou antes da pandemia, com retirada de direitos dos trabalhadores com o argumento de que aí a economia melhoraria. Mas como vai melhorar se o cara já não ganha mais o mesmo que ganhava? Aí ele compra menos. E se ele compra menos, menos é produzido. e … Continuar lendo

Governo provoca “apagão de Estatísticas” no Brasil, o que gerará mais mortes e pobreza durante e depois da pandemia
Uncategorized

Governo provoca “apagão de Estatísticas” no Brasil, o que gerará mais mortes e pobreza durante e depois da pandemia

Por Tereza Campello, André Calixtre, Jorge Messias e Sandra Brandão Além da pandemia do COVID-19 e da mais grave crise econômica, o Brasil vive hoje um apagão de estatísticas. Por Tereza Campello, André Calixtre, Jorge Messias e Sandra Brandão Reblogado do Jornal GGN  A quem interessa o APAGÃO ESTATÍSTICO? Por Tereza Campello[1] , André Calixtre[2] , Jorge Messias[3] e Sandra Brandão[4] Além … Continuar lendo

Tragédia anunciada:  Desemprego sobe e atinge 13,7 milhões de trabalhadores diz PNAD/IBGE
Desemprego/economia

Tragédia anunciada: Desemprego sobe e atinge 13,7 milhões de trabalhadores diz PNAD/IBGE

Com o Aumento do desemprego , cai cada vez mais a massa salarial. Com menos dinheiro, menos se compra.Se não se compra, não se produz.E se não produz não precisa de trabalhadores e aí demite mais. E quanto mais a crise aumente, mais os banqueiros e multimilionários vão ficando ricos com os juros escorchantes. É … Continuar lendo

Desemprego/trabalho

IBGE: falta trabalho para 26,3 milhões de brasileiros

23,6% dos trabalhadores estão sem emprego ou se ocupam menos do que gostariam. Desalento é o maior desde 2012 Da Carta Capital Pedro Ventura/Agência Brasília Apesar da queda no desemprego ao longo de 2017, número de trabalhadores subutilizados ainda é alto Um total de 26,3 milhões de brasileiros não têm emprego ou trabalham menos horas do que … Continuar lendo

O trabalho virou “bico”: 70% dos empregos gerados no último trimestre são informais
Desemprego/trabalho

O trabalho virou “bico”: 70% dos empregos gerados no último trimestre são informais

Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílio (PNAD) do IBGE, divulgada no último dia 30, revela a volta do aumento na informalidade no Brasil Por Manu Manovani na Socialista Morena Em O 18 de Brumário de Luís Bonaparte, Karl Marx desenvolve as teses centrais do materialismo histórico. Ele parte da segunda Revolução Francesa (1848-1851) e, através da análise da … Continuar lendo

Uncategorized

Decepção e indignação em evento comemorativo dos 80 anos do IBGE

Por Paulo Jannuzzi* no Facebook Decepção e indignação em evento comemorativo dos 80 anos do IBGE dia 5 de dezembro no Rio de Janeiro. São esses meus sentimentos em dia que devia sentir, como servidor e brasileiro, orgulho da trajetória de 80 anos de contribuições republicanas do IBGE para a sociedade, economia e políticas públicas no … Continuar lendo

Emprego e desemprego em grandes números (Por Clemente Ganz Lúcio – Dieese)
economia/trabalho

Emprego e desemprego em grandes números (Por Clemente Ganz Lúcio – Dieese)

Clemente Ganz Lúcio* na Plataforma Política Social Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referente a julho de 2016, a população em idade de trabalhar no país é superior a 166 milhões de pessoas. Desse total, 102 milhões estão no mercado de trabalho – 90,5 … Continuar lendo

Uncategorized

PNAD:Rendimento médio dos mais pobres teve aumento de 91% de 2004 a 2014

Ministra Tereza Campello, em 4 minutos de vídeo, mostra as conquistas das políticas sociais nos governos Lula e Dilma. Entre as evidências, a de que a desigualdade caiu muito. Se os salários cresceram para todos, a renda dos mais pobres cresceu 91%.  Contribuiu para isto com certeza o aumento real do salário mínimo em mais … Continuar lendo

Uncategorized

Um país menos desigual: pobreza extrema cai a 2,8% da população

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) foram divulgados nesta sexta-feira (13) pelo IBGE Do Blog Inclusão Produtiva A pobreza extrema no país caiu a 2,8% da população em 2014, quase a terça parte do percentual da população que vivia nessa condição em 2004, no início do Programa Bolsa Família. A tendência de … Continuar lendo