Uncategorized

Avenida Fora Temer

SENHOR X

Fernando Rosa

O atual golpe de Estado em curso no Brasil é uma espécie de Revolução Constitucionalista de 1932 em sua forma mais farsesca, considerando seus principais operadores. Em 32, os barões do café estavam à frente da rebelião contra a industrialização do país. Hoje, com apoio dos EUA e dos “patos”, são os produtores de cana e sua interface rentista contra o desenvolvimento, a independência e a inclusão social.

Em 1932, as madames da burguesia leiloavam jóias em festinhas ao final das tardes para comprar armas “para a revolução”. Hoje, as madames, vampirizadas em forma de classe média decadente, ocuparam a Avenida Paulista. Não por acaso, o Estadão, quando produz matérias para comemorar a data de “9 de julho”, fala em “derrota militar, vitória política”, referindo-se à falsa revolução sufocada por Getúlio Vargas, em armas.

Em 1964, mais uma vez, a burguesia e a classe média paulista também se insurgiram contra…

Ver o post original 399 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s